sexta-feira, 27 de julho de 2012

Provérbio hipócrita

Logo pela manhã, assim é o indicador emprestado ao relógio de ponto, logo é um esguicho, para desinfectar. Assim se vagueia o olhar pela mesa de trabalho, aquela caneta mais dois minutos a oeste nada de novo, e mais um esguicho, para desinfectar. E assim, logo pela manhã, o corpo todo num bailado de 360 graus, para desinfectar.
Percorrendo dia afora, mãos lavadas vezes sem conta até ao cotovelo, semblante constricto, cabelo e pensamento bem esticados, lisos. O corpo todo pendurado num cabide, num bailado de 360 graus, sem profundidade, só para desinfectar.

- Com a verdade me enganas